A Equipe

  • Mailce Mendes, uma das fundadoras da entidade, é a atual diretora-presidente. É administradora e funcionária aposentada da UFMG. Está na militância pela proteção animal há mais de 20 anos, sendo uma referência nessa área de atuação. 
  • Silvana Cóser, também uma das fundadoras da associação, é a atual diretora financeira. É socióloga e funcionária aposentada da UFMG. Desde a criação da BastAdotar vem participando da luta em defesa dos direitos e do bem estar animal. Além da proteção animal, é feminista militante desde os anos 1980. 
  • Ana Carolina Vieira Pires é bióloga e graduanda em pedagogia. Desde adolescente participa de manifestações relacionadas às questões ambientais do país e também dos direitos dos animais. É vegetariana há 14 anos. Começou a ser voluntária na BastAdotar, primeiramente atuando nos eventos de adoção e aos poucos foi se envolvendo na rotina dos animais que são abrigados, ajudando e criando formas de arrecadação de verbas. 
  • Ana Flávia Vieira Pires é diretora administrativa da BastAdotar, acompanha a ONG desde 2013, se tornando voluntária em meados de 2015. Está sempre em busca de novas fontes de arrecadação e eventos, como rifas, sorteios e bazares. É arquiteta e paisagista, e sempre que possível auxilia a associação com dicas de melhoria do ambiente e instalações no abrigo. 
  • Mirian Chrystus, fundadora da BastAdotar, professora aposentada da UFMG, iniciou seu ativismo pelos animais com a denúncia da morte dos felinos pela diretoria da Fafich em 1999. Atualmente é assessora da diretoria. Além dessa atividade, é também coordenadora geral do Movimento feminista Quem ama não mata, que combate a violência contra as mulheres.
  • Fernanda Louro é Bióloga e trabalha no Departamento de Gestão Ambiental na UFMG. Seu amor pelos animais se converteu em atuação na causa animal, através da BastAdotar, onde é voluntária desde 2016. Nesta gestão, tornou-se conselheira fiscal da entidade. 
  • Rafaela Braga é graduada em Ciências da Informação e amante dos animais. Desde Dezembro de 2018, ao responder um apelo da BastAdotar para oferecer lar temporário a dois filhotes de cães resgatados, passou a colaborar permanentemente com a entidade, integrando hoje o Conselho Fiscal da associação. 
  • Cristina Castro é professora de Sociologia da UFMG. Após adotar uma gatinha na BastAdotar, tornou-se voluntária da associação e desde então atua na proteção animal. E membro do Conselho Fiscal da entidade.
  • Luiz Carlos Villalta, membro do Conselho Fiscal da Associação, é professor titular do Departamento de História da FAFICH-UFMG. Começou sua atuação na defesa dos animais e de seu bem-estar a partir de 2013, inicialmente, em sua própria unidade de origem e, depois, no âmbito da UFMG, onde, desde 2018, é Presidente da Comissão Permanente de Políticas para os Animais dos Campi. 
  • Gabriela Reis é doutoranda em Geografia na UFMG e conheceu a BastAdotar através dos eventos de adoção realizados no Campus Pampulha e ficou interessada em atuar como voluntária. Em 2015, após perder uma gatinha para a felv, além de doar os pertences dela passou a ser voluntária na área de comunicação, trabalhando nas redes sociais, no que colabora até hoje. Na última assembleia, foi eleita para o conselho fiscal.
  • Erika Lemos, fotógrafa e conselheira fiscal, já foi diretora financeira da BastAdotar. Conhecida por fazer de tudo um pouco, hoje deixou a carreira de professora para dedicar-se à fotografia fine art, carreira que ela deve muito aos seus maravilhosos modelos felinos que a ajudaram posando para suas fotos. Erika tem longa trajetória no campo da proteção animal, também é uma das fundadoras da BastAdotar, quando ainda era graduanda na UFMG.
  • Luiza Umbelino conheceu a BastAdotar em 2019 quando adotou um gatinho, mas foi em 2020 que se juntou ao voluntariado da ong. Hoje coordena as redes sociais (principalmente o Instagram) que divulga os animais para adoção, mas também tem um papel de educação voltado para a causa animal.